Clube de Assinatura

5 modelos de negócio de recorrência

Postado por: em 28/02/2019

Todo mundo quer ter um negócio de sucesso! Seja um grande empresário, ou um pequeno empreendedor, todos estão em busca de modelos de negócios que tragam resultados positivos e que sejam extremamente escaláveis.
Para isso, uma das grandes tendências de mercado é negócio de recorrência, que pode vir a partir de um bom modelo de assinatura.
O modelo de recorrência está em alta e não chama atenção apenas de pequenas empresas, mas também dos grandes grupos. A Amazon, P&G e o Grupo Pão de Açúcar fazem parte dos grandes player que estão com os olhares voltados para o negócio de recorrência.
Em um estudo publicado pela Zuora em 2018, foi identificado que em cinco anos (de 2012 a 2017) o crescimento de negócios de recorrência foi até 5 vezes maior que o outros modelos.
Por isso estamos aqui! Separamos 5 modelos de negócio de recorrência para você se inspirar, estudar e aplicar na sua empresa.
Vamos começar!
 

Cosméticos e maquiagens

 
Não poderíamos começar nossa lista por outro tipos de produto. Os cosméticos e as maquiagens são ótimos para serem explorados! São itens extremamente utilizados no Brasil e de consumo altamente rotativo.
Por exemplo, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), em 2018, um período considerado de crise, o setor de beleza foi um dos mais movimentados e obteve um crescimento de 2,77%.
Dentro desse segmento, para o modelo de recorrência é fundamental focar na experiência das assinantes com os produtos. O consumidor precisa ter a sensação de exclusividade!
Essa exclusividade pode ser transmitida através do envio de caixas mensais com produtos que sejam pré-lançamento, rótulos e embalagens personalizadas.
Além do produto, uma boa sugestão é enviar conteúdos ricos, como por exemplo um passo a passo de como fazer maquiagens específicas.
Um grande exemplo de modelo de assinatura de cosméticos e produtos para beleza é o Box da The Beauty (do grupo O Boticário). Ele é um clube de assinatura, que entrega todos os meses caixas com produtos de beleza e perfumaria nacionais e internacionais. Os produtos, se dividem em duas categorias, First Picks e o Hot Picks.
Como comentamos no início, os cosméticos e os artigos de beleza estão entre os itens de maior consumo da população brasileira. Além disso, estão entre as categorias mais vendidas pela internet. Como aponta a pesquisa desenvolvida pela plataforma digital Sophia Mind, 88% das brasileiras utilizam a internet para obter informações sobre produtos, processos de compras e tutoriais de beleza.
 

Produtos digitais

 
Em segundo lugar, mas longe de ser menos importante daremos destaque aos produtos digitais.
Lembra que no começo do artigo comentamos que um dos fatores positivos de investir em modelos de recorrência era a possibilidade de escalabilidade? Então, os produtos digitais são extremamente escaláveis.

Nesse modelo, não é necessário logística de entrega de produtos, uma vez que os assinantes recebem o produto pela internet.
Outro fator muito positivo é que produto digital é produzido uma única vez, “empacotado” (formato de entrega) e distribuído em escala, sem limitações geográficas.
Dentre o grande número de possibilidades de produtos digitais, podemos destacar os cursos online, consultoria por vídeo conferências, produção de conteúdo para web, plataformas e softwares.
Vamos imaginar uma empresa que oferece cursos pela internet e cobra mensalidade dos alunos. O curso, pelo menos por um tempo, só precisará ser produzido uma vez. Ainda que entrem novos assinantes.
A exemplo da Adobe, a venda recorrente de software também é uma excelente forma de vender produtos digitais. Ao invés de cobrar um valor pela licença de um software, passaram a cobrar uma mensalidade fixa, onde o assinante acessa não apenas um software, mas um pacote deles.
Esse modelo é chamado de Software as a Service (SaaS), a tradução livre para o português pode ser: “software como um serviço”.
Grandes exemplos de SaaS são os queridinhos Netflix e o Spotify. Que oferecem seus conteúdos, mediante a pagamentos mensais.
 

Comidas e bebidas

 
Outra ótima opção para o modelo de recorrência é a gastronomia. Os produtos também são de fácil escalabilidade, possuem grande rotatividade e facilmente podem passar a sensação de exclusividade ao consumidor.
Um exemplo interessante desse modelo é o Clube Wine. Neste clube de assinaturas, os amantes de vinho mensalmente uma caixa surpresa, com dois vinhos, além da Revista Wine e um corta-gotas. Um dos diferenciais oferecidos pela Wine é a curadoria dos vinhos. São vinhos selecionados por especialistas aqui no Brasil e no mundo.
Outro benefício oferecido aos assinantes são os descontos de 15% em todas as compras no site e frete grátis. Dois excelente prática para ajudar na permanência do assinante.  
Investir em um modelo de assinatura que leve uma experiência gastronômica diferenciada para os consumidores é outra ótima opção.
 

Livros

 
Ainda que seja um produto considerado muito segmentado tem um grande potencial de fidelização. Você pode indicar e vender, todos os meses, um livro para um mesmo cliente de acordo com o seu perfil de leitura.
Um exemplo muito bem desenvolvido é o TAG – Experiências Literárias. Nesse clube. Nele, o assinante recebe um livro surpresa indicado por algum grande nome da cultura.
A experiência torna-se ainda mais especial! O livro enviado tem uma edição exclusiva de capa dura, vai acompanhado por marca-páginas e uma revista sobre o tema do qual trata o livro.
Para as crianças, existe o clube Leiturinha. É enviado mensalmente um livro apropriado para a idade da criança que receberá a obra. Junto com o livro, a criança recebe uma carta pedagógica explicativa, marca-página e adesivos.
 

Produtos físicos

 
Para finalizar nossos modelos de negócio trazemos os clubes relacionados a produtos físicos. Como por exemplo a Caixa Cosmo, nesse clube o assinante recebe mensalmente itens variados de decoração, artesanato, papelaria e outros. Os produtos são desenvolvidos por artistas independentes. O objetivo do clube é alcançar um público envolvido com a criatividade, como designers.
O principal atrativo para esse tipo de consumidor é a exclusividade, em experiência totalmente relacionada com o seu universo de interesse.
***
Muitas empresas já perceberam o potencial do modelo de recorrência e estão investindo nesse segmento. Se quiser continuar acompanhando nossos conteúdos inscreva-se newsletter.
 

A Rits é uma empresa focada no desenvolvimento do sistema recorrência, outsourcing de e consultoria de TI, para empresas de diversos setores.